23/05/2018 8:25 - Atualizado em 31/07/2012 12:00

Notícias

Biblioteca Braille

  • Histórico
    A Biblioteca Braille “José Álvares de Azevedo” é uma das unidades da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás) de maior relevância social. Ela presta assistência a portadores de deficiência visual. A biblioteca foi criada em 1988 e registrada no Instituto Nacional do Livro (INL) em 13 de setembro de 1989, sob o nº 25844, na categoria especial.  Até 1990 funcionou no Centro de Apoio ao Deficiente Visual, na Vila Nova. Em 1991 foi transferida para o Colégio Estadual Bernardo Sayão e, finalmente em 1992, foi instalada no prédio da Fundação Cultural Pedro Ludovico (hoje Secretaria de Cultura), na Praça Cívica, nº 2. No ano seguinte, a Associação dos Deficientes visuais propôs que a Braille se tornasse uma seção da Biblioteca Pio Vargas. Para isso, a associação doou todo o seu acervo à Braille, um total de 3.224 volumes. Com o decreto de criação da agência, a Braille tornou-se uma unidade.
  • Importância Sociocultural 
    A Biblioteca Braille é o resultado da luta dos deficientes visuais do Estado pelo acesso à informação. É considerada a única do Centro-Oeste com este nível de organização. Possui 260 usuários inscritos e freqüência média de 300 atendimentos mensais. O acervo tem cerca de 5 mil volumes, em braille, compondo 1,8 mil títulos. As obras de maior procura são as didáticas e de literatura estrangeira. Há a Audioteca com 250 títulos gravados em fita cassete, os quais podem ser ouvidos pelos usuários em cabines individuais. Tanto o acervo em braille como a audioteca estão disponíveis em catálogos. Possui também sala de leitura e computador adaptado para atender aos deficientes visuais, além de funcionários conhecidos como ledores, prontos para realizarem a leitura para os usuários. Eles gravam livros e apostilas em fitas cassete, para possibilitar e ampliar o acesso dos portadores de deficiência visual (em média 200 por mês). Todo o acervo foi adquirido por meio de doação. 
    A biblioteca possui computadores com sintetizadores de voz destinados ao uso de pessoas com deficiência visual. Os usuários utilizam recursos específicos e adquados às suas necessidades, como programas Dosvox, Winvox e Jaws, que lhes permitem fazer trabalhos escolares de forma independente.  Os usuários podem ainda ter acesso à internet, realizar pesquisas, ler jornais e revistas e comunicar-se com o mundo virtual por meio da rede mundial de computadores.   
    A biblioteca dispõe de uma impressora em braille utilizada para a impressão de pequenos textos literários e informativos. Há ainda uma fotocopiadora para ampliação de material didático para pessoas com baixa visão. 

    Serviços oferecidos
    - Consulta ao acervo
    - Auxílio à pesquisa
    - Empréstimo
    - Leitura (em voz alta com equipamento específico, enquanto o usuário ouve e faz suas anotações em braille)

  • Endereço
    Centro Cultural Marieta Telles Machado 
    Praça Cívica n. 2 Centro Goiânia – Goiás
  • Telefone
    (0xx62) 3201.4649
  • Funcionamento
    De segunda a sexta, das 8h às 18 h

    Responsável
    Maria Eunice Soares Barbosa é responsável pela Biblioteca Braille.  Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Goiás, ela participou de diversos cursos, palestras, congressos e seminários ligados à educação e reabilitação e profissionalização de deficientes visuais em Goiânia, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, João Pessoa, Belo Horizonte e Campo Grande. Ajudou a elaborar a sessão braille da Biblioteca Estadual Pio Vargas e da Biblioteca Braille do Instituto Artesanal dos Cegos. Assumiu a coordenação da sessão braille da Pio Vargas em 1992. Está à frente da biblioteca desde 1989. Presidiu o Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual e dirigiu a Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Goiás, de 1999 a 2004.  Presidiu ainda o 3º Seminário Nacional de Bibliotecas Braille, em 2004.


Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Acontece na Secult

Nota Seduce – Fundo de Cultura...

CCON tem noite de poesia em língua portuguesa...

Cine Cultura recebe circuito de Cinema Chileno no Brasi...

Inscrições para shows no Fica 2015 terminam nesta ter...

Palco Sesc Aldeia Diabo Velho leva dança e música ao ...